Paulo Cunha e Silva

 

Paulo Cunha e Silva foi médico, crítico de arte, curador de arte e vereador na Câmara Municipal do Porto entre setembro de 2013 e novembro de 2015.  Nasceu em Beja em 1962, licenciou-se em Medicina no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Universidade do Porto, onde se doutorou em Ciências do Desporto.

Foi professor associado de Pensamento Contemporâneo na Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, tendo sido previamente professor de Anatomia no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. O seu trabalho de investigação centrou-se na reflexão sobre o estatuto do Corpo no Mundo Contemporâneo e na utilização das metodologias do Caos para a sua compreensão. A sua atividade profissional esteve sempre ligada ao pensamento sobre arte contemporânea. Foi coordenador científico dos Estudos Contemporâneos da Fundação de Serralves desde 2000, responsável pelas áreas do Pensamento, Ciência, Literatura e Projetos Transversais no âmbito do “Porto 2001 Capital Europeia da Cultura”, diretor do Instituto das Artes do Ministério da Cultura, entre 2003 e 2005, e conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em Roma entre 2009 e 2012.

Faleceu vítima de um ataque cardíaco na noite de 11 de novembro de 2015. O Paulo era genial, um inesquecível fazedor de ligações, e marcou intensamente a cultura em Portugal ao longo da sua vida. Por isso lhe dedicamos este prémio no Porto.