artista nomeado por CLIFF LAUSON


Imran Perretta

1988 · Londres, Reino Unido

Trabalhando com a imagem em movimento, som, performance e poesia, a obra de Perretta aborda o biopoder, a marginalidade, e a (des)construção de histórias culturais. O seu trabalho procura desafiar o conceito de Nação-estado e a sua violência unilateral tanto contra aqueles que estão marginalizados dentro dela como contra os que são travados nas suas fronteiras. Subjacentes estão questões de alteridade e neocolonialismo, a reflexão sobre como é formada a identidade numa era pós-11 de setembro, caracterizada pela austeridade, pela islamofobia patrocinada pelo Estado e pelo combate ao terrorismo. As suas recentes exposições, performances e projeções incluem: AMRA, Assembly, Somerset House, Londres (2018); Selected 8, exposição itinerante associada aos prémios Jarman Awards (2018); The Axial Line, PS120, Berlim (2018); 15 Days, Jerwood Space, Londres (2018). Imran Perretta vive e trabalha em Londres.

© Paul Daly