A exposição final foi apresentada entre setembro e novembro de 2020 na Galeria Municipal do Porto.

Devido às restrições decorrentes da situação pandémica, o júri não teve oportunidade de visitar a exposição e avaliar presencialmente a obra dos finalistas por si nomeados. Estas condições excecionais não permitiram igualmente que, antes da abertura da exposição, os seis finalistas pudessem instalar ou acompanhar a montagem das suas obras no espaço expositivo. Deste modo, os jurados consideraram que não foram reunidas as condições ideais para a atribuição de um único vencedor da segunda edição do prémio, tendo sugerido por conseguinte premiar os seis finalistas — Basir Mahmood, Firenze Lai, Lebohang Kganye, Shaikha Al Mazrou, Song Ta e Steffani Jemison — e repartir o valor monetário de 25.000 euros entre todos eles.

BASIR MAHMOOD (PAQUISTÃO)

STEFFANI JEMISON (EUA)

FIRENZE LAI (HONG KONG)

LEBOHANG KGANYE (ÁFRICA DO SUL)

SONG TA (CHINA)

SHAIKA AL MAZROU (EAU)